ACLIMATAÇÃO

ACLIMATAÇÃO

ACLIMATAÇÃO

ACLIMATAÇÃO

Aclimatação de peixes no aquário marinho. Aclimatação de corais.



Se você comprou um peixe ou coral e após colocar em seu aquário e estes não sobreviveram, ficaram doentes ou o coral não abriu etc… é porque você não fez uma aclimatação ideal. É preciso aclimatar todos os seres aquáticos antes de introduzi-los ao aquário definitivo, caso contrário estará pondo em risco a saúde destes, mesmo à longo prazo.Embora peixes, corais e invertebrados são capazes de se adaptarem a uma nova água, esta não poderá ser tão diferente da origem destes.

Embora que a maioria dos aquários marinhos possui os parâmetros quase idênticos, pois a maioria destes seres só sobrevivem com os parâmetros ideais citados neste site (você deve ler o artigo), pode ocorrer variações, então é preciso aclimatar, ou seja, deixar o novo habitante se adaptando a nova água lentamente, bem lentamente. Não se pode deixar um peixe, coral ou invertebrado sofrer uma mudança abrupta nos parâmetros encontrados no novo aquário em relação ao de origem, mesmo porque durante o transporte ocorrem reações químicas na água e também os indivíduos ficam horas ou dias no escuro.

Veja como fazer aclimatação correta:

Antes de comprar um novo peixe é muito importante verificar se é compatível com as espécies que já possui.

Antes do colocar o novo habitante é preciso fazer uma TPA no seu aquário, de aproximadamente 30% do volume, deixar seu aquário o mais limpo possível (inclusive o Sump e Skimmer) e com os parâmetros corretos e manter estáveis. É bom ler neste site sobre parâmetros da água. Eu também acrescento mais bactérias no aquário, para garantir a carga extra de excrementos (se for peixe) e também para estabilizar o ecossistema.

Ao chegar em casa com o saquinho contendo o peixe ou coral apague as luzes do aquário e deixe o saquinho boiando (na superfície da água), prendendo com um pregador, sem abrir. Deixe cerca de 20 minutos até igualar a temperatura.

Se for um novo peixe, alimente os já existentes no aquário, para evitar que fiquem agressivos.

Decorrido este tempo abra o saquinho, ainda preso com o pregador e vá adicionando ao saquinho pouca quantidade de água do seu aquário, cerca de 1/4 do volume que tem no saquinho. Ex.: Se o saquinho tiver 500ml de água coloque 125ml de água do seu aquário. Repita a operação a cada 5 minutos até que o saquinho esteja completamente cheio, é preciso que seja introduzido 4 partes de água do seu aquário para 1 que vem no saquinho.

Após este processo já pode colocar o novo habitante no seu aquário.

Obs.: Não perca tempo após aberto o saquinho, pois ocorrem alterações químicas na água após aberto. Nunca introduza oxigênio no saquinho. Não despeje toda a água do saquinho no aquário, somente o mínimo necessário para que o habitante não fique exposto ao ar.

Após colocar o novo habitante espere 5 horas para ligar as luzes.

Corais são extremamente sensíveis à iluminação, por isto é muito importante adapta-lo gradualmente. Coloque-o no substrato e vai aumentando a iluminação ligeiramente, ou seja, vá subindo a iluminação 1/4 por dia, isto é, somente no 4º dia é que toda potência deverá ser utilizada, quanto menos iluminação por dia introduzir melhor.

A aclimatação será melhor ainda se fizer por meio de gotejamento, isto é, coloque o peixe ou coral num balde onde caiba o triplo (mais é melhor) do volume do saquinho e deixe gotejando cerca de 3 gotas por segundo a água do seu aquário no balde até encher, depois já pode transferir para seu aquário.

O método de aclimatação acima citado é o mais usual e normalmente não apresenta nenhum problema. Também é recomendado o método de quarentena, onde requer um aquário (hospital) somente para este fim. Este aquário de quarentena não deverá conter invertebrados, rochas ou substrato, mas deverá possuir um filtro biológico funcional, ter boa circulação (principalmente na superfície) e oxigenação, luz fraca (se possível vermelha para peixes) e esconderijos que poderão ser confeccionados com tubos de PVC. Poderá ser um aquário com 40 litros ou mais. Obviamente este aquário deverá estar com os parâmetros ideais, principalmente Cálcio, PH, Temperatura, KH, Densidade (ou salinidade) dentre outros constantes na página “Parâmetros”.

Tanto corais como peixes sofrem um stress no transporte que os deixam enfraquecidos. Corais que estão se “desmanchando”, perdendo pólipos, tecidos, sofreram um grande stress. Quando a água do saquinho estiver esbranquiçada, turva com odor desagradável é sinal que o peixe ou coral teve um grande stress. Nestes casos é recomendada a quarentena. Também se usa este método quando se verifica alguma doença no peixe ou coral, bactérias, parasitas e protozoários, por exemplo, onde será necessária a aplicação de medicamentos para sua cura bem como para não passar a doença para outros habitantes. Para invertebrados o tratamento é diferenciado de peixes, principalmente com antibióticos e remédios a base de cobre, portanto procure o remédio correspondente. Não se deve alimentar peixes ou corais de quarentena nas primeiras 24 horas.

Evite tirar o peixe ou coral da água, isto é, coloque diretamente do saquinho para o aquário de quarentena, não pegue com uma redinha, não deixe entrar em contato com o ar. Se não for possível utilize apenas alguns segundos para esta transição, cerca de 10 segundos.

O aquário de quarentena marinho também vai identificar a manifestação de parasitas que vem de carona nos peixes e corais que só iriam se manifestar no aquário definitivo semanas depois, devido ao seu ciclo.

Certamente o aquário de quarentena marinho irá fortalecer o sistema imunológico do peixe. Bactérias e outros microorganismos nocivos não irão se desenvolver num ambiente limpo com parâmetros ideais, nem afetar um peixe com ótima saúde.

Após passar pela quarentena deve-se fazer aclimatação para o aquário definitivo.

Outro dia vou postar mais detalhado sobre um aquário de quarentena, porque o tema aqui é aclimatação, mas seguindo as instruções acima estará tudo certo.

Também há métodos mais rápidos de desinfetar um animal marinho ou coral, que são os remédios vendidos em lojas de aquarismo que consiste em dar um banho por apenas alguns minutos no novo habitante.

O importante é ter um lugar confiável para comprar seres aquáticos, onde os animais e corais já são submetidos à quarentena. Mesmo assim é óbvio que tem que fazer a aclimatação.



Para alimento de corais, peixes, invertebrados e MUITO MAIS Clic Aqui.