BACTÉRIAS NITRIFICANTES E DESNITRIFICANTES

Bactérias Nitrificantes e Desnitrificantes

Bactérias Nitrificantes e Desnitrificantes

BACTÉRIAS

Visite nossa Loja Preços incríveis Clic Aqui

Abaixo vou explicar um pouco que aprendi sobre bactérias nitrificantes e desnitrificantes. Apenas um resumo, mais simplificado.Se você tem ou pretende montar um aquário com corais, peixes e outros animais é importante saber o papel das bactérias decompositoras, nitrificantes e desnitrificantes.

Não se esqueça de ler na outra página sobre bactérias Aeróbicas e Anaeróbicas que completam o texto abaixo, assim você entenderá como funciona o Ciclo do Nitrogênio.

Na água ocorre um processo chamado de hidrolise, que em uma de suas transformações, converte o nitrogênio orgânico em amônia.

Bactérias Nitrificantes transformam a amônia em nitritos e depois para nitratos. Essas bactérias são QUIMIOSSINTETIZANTES, ou seja, ocorre uma reação que produz energia química que é utilizada no metabolismo da bactéria. As bactérias nitrificantes são organismos autotróficos que extraem energia através de um processo de oxidação a partir da amônia. Todo este processo ocorre na ausência de energia solar, no aquário estas bactérias fazem este processo de nitrificação com as luzes apagadas.

A nitrificação ocorre com a oxidação da amônia transformando-a em nitrito. Por sua vez o nitrito, também pela oxidação, transforma-se em nitratos. Este processo chama-se nitrificação.

Lembrando que Nitrato em alto nível acelera o crescimento das zooxantelas e posteriormente mata os corais. Também provoca crescimento de algas indesejáveis no aquário e outros males. Geralmente ocorre por excesso de nutrientes.

As bactérias Nitrificantes são Nitrosomonas, Nitrosococcus e Nitrobacter, são bactérias quimiossíntetizantes.

A bactéria chamada Nitrossomonas converte amônia para nitrito.

A bactéria chamada Nitrobacter consome o nitrito, transforma-a em nitrato, menos tóxica.

Estas bactérias necessitam de oxigênio, são chamadas de bactérias aeróbicas.

Elas se proliferam enquanto existir seu alimento, a amônia. O excesso de bactérias nitrificantes é sinal consequente do aumento de amônia na água do aquário, isto afetará o PH, visto que estas acidificam a água e o nível do PH irá cair.

Bactérias Desnitrificantes encontram-se em áreas sem luz e oxigênio no aquário, como por exemplo, no fundo de um substrato alto. São chamadas de bactérias anaeróbicas.

Estas bactérias utilizam o nitrato para produzirem nitrogênio gasoso que retornará à coluna d’água e depois, pela agitação, irá para atmosfera.

Este processo é chamado de desnitrificação. Portanto, se quisermos ter bactérias Desnitrificantes temos que ter um substrato alto, em torno de uns 25 cm para mais, pois elas irão prosperar apenas no fundo deste, onde não haverá oxigênio.

Como são bactérias heterotróficas irão depender do nitrato para sobreviverem, pois é do nitrato que irão extrair o oxigênio.

É possível ver bolinhas de ar saindo do substrato, são as bactérias desnitrificantes consumindo nitrito e convertendo em gás nitrogênio (Óxido Nitroso e Nitrogênio).

Ao contrário do caso citado acima sobre as bactérias nitrificantes, as desnitrificantes aumentam o PH consumindo nitrato.

Em meu aquário com corais, tenho um substrato não superior a 3 cm, visto que na minha opinião, a exportação dos compostos orgânicos para os filtros, Skimmer, etc. são suficientes para manter o nível de nitrato praticamente zerado.

Os corais Softs e LPS toleram um nível de nitrato mais elevado que os parâmetros ideais, mas os corais SPS só irão bem quando o nível de nitrato estiver praticamente zerado, caso contrário irão ficar marrons e posteriormente irão branquear (morrer).

O equilíbrio e níveis constantes são fundamental num aquário de corais, trocas parciais de água resolve a maioria dos conflitos que poderão surgir, inclusive uma subida no nível de nitrito e nitrato.

Também há aquaristas que optaram em fazer um filtro à parte do aquário, sendo este constituído de um profundo substrato, ultrapassando seus 30 cm de altura, onde bactérias nitrificantes e desnitrificantes irão fazer seus trabalhos.

Sempre lembrando que os níveis do PH devem ficar entre 8.0 à 8.4, o ideal é 8.2, para que bactérias nitrificantes e desnitrificantes façam sua parte no aquário.

Lembrando que os corais não gostam de nitrato, quando o nível de nitrato aumenta os corais vão perdendo a cor e se o aquarista não tomar providências eles irão morrer.

Num aquário não se deve deixar que apenas as bactérias cumpram o papel de retirar o excesso de matéria orgânica, utiliza-se filtros, Skimmer e outros meios que devem ficar no Sump. Exceto para o período de ciclagem. Bactérias nitrificantes e desnitrificantes não dão conta do trabalho sozinhas.

Dica legal: Se você já entendeu até aqui e vai montar o aquário marinho, iniciar o Ciclo do Nitrogênio, lembre-se de que para o progresso das bactérias é necessário colocar um pouquinho de comida, 2 x por semana somente (como se já tivesse um peixe lá), visto que elas não irão progredir sem o Fosfato, presente na comida (ração). Não deixar as luzes acesas durante a ciclagem.

Se não ficou muito claro, veja este resumo.

Não deixe de comentar sobre Bactérias Nitrificantes e Desnitrificantes.

Neste site você também encontra informações sobre diversos tipos de corais.

Você pode comprar produtos para aquário “mais em conta” na loja: Comida de Corais
Ou se preferir no Mercado Livre: Comida de Corais