BACTÉRIAS NO AQUÁRIO DE ÁGUA DOCE

Bactérias no aquário de água doce

Bactérias no aquário de água doce

BACTÉRIAS NO AQUÁRIO DE ÁGUA DOCE



Já expliquei na página anterior que para colocar os peixes no aquário recém-montado é necessário primeiro a “criação de bactérias”, as deixarem proliferarem para “consumirem” as substâncias ruins da água. Então abaixo um resumo do que as bactérias no aquário exercem:

Como já sabemos a Amônia é uma das principais vilãs do aquário, a Amônia (NH3) é tóxica para os peixes, podendo mata-los em poucas horas quando o nível já estiver acima de 0,01 mg/l.

A Amônia se origina pelos compostos orgânicos, que são: restos de comida, excrementos dos peixes, folhas mortas e outros. É aí que entra as bactérias nitrificantes (Nitrossomonas spp), elas convertem a Amônia em Nitrito (NO2), que é um composto menos tóxico, mas também muito prejudicial se os níveis estiverem acima dos 0,2 mg/l.

Esta conversão de Amônia em Nitrito é um processo chamado de quimiossíntese, porque as bactérias oxidam a amônia por uma reação química.

Nesta etapa entra em ação outras cepas de bactérias, as Nitrobacter ssp., que transformam o Nitrito em Nitrato (NO3). Esta substância não é tão tóxica como a Amônia e o Nitrito, os peixes podem tolerar níveis entre 50 a 200 mg/l, variando duma espécie para outra.

Notem a importância das bactérias no aquário.

Lembrando que as bactérias também necessitam de muito oxigênio, motivo pelo qual aconselho colocar uma wave-maker para circular a água, principalmente na superfície onde haverá troca gasosa, ou seja, entrará oxigênio e sairá o Dióxido de Carbono (CO2), que também é prejudicial aos peixes. Também se pode colocar uma bomba que oxigene a água ou as duas simultaneamente. As plantas também fornecem oxigênio na água.

Níveis altos de Nitrato também podem matar os peixes. O Nitrato não é consumido pelo filtro biológico (bactérias), nem pelo carvão ativado, mas é eliminado com boa oxigenação na superfície da água do aquário. Plantas utilizam o Nitrato, que também é um dos elementos para elas se nutrirem.

Todavia, o Nitrato poderá se acumular, é prejudicial aos peixes, e a única forma de elimina-la quando detectada é fazer troca parcial de água (TPA).

Como já citei em outra página, e para você se familiarizar com os nomes, as bactérias aeróbicas convertem amônia em nitrito e após em nitrato, que é a nitrificação, são as bactérias aeróbicas nitrificantes. As bactérias anaeróbicas convertem nitrato em nitrogênio gasoso, que é a desnitrificação. Este processo é chamado de Ciclo do Nitrogênio.

Estas são as principais funções das bactérias num aquário, então se você medir o nível de Amônia e constar sua presença, faça urgentemente uma TPA, muitas vezes até 50% do total da água, dependendo do nível, mas é imprescindível saber a causa, o que deu origem aos níveis altos e corrigir o mais rápido possível. Mas também não deixe de medir os outros níveis, se estiverem altos surgirão algas indesejáveis. Compre um Kit de testes.

Se você já leu as páginas anteriores e agora com mais estas dicas, o sucesso do seu aquário é garantido, embora que é bom se aperfeiçoar, novas páginas vem aí.



Vendo alguns produtos para aquarismo com ótimos preços: Promoções

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.