COMO FIXAR CORAL NA ROCHA

Como fixar coral na rocha

COMO FIXAR CORAL NA ROCHA

COMO FIXAR CORAL NA ROCHA



Parece ser uma tarefa fácil, mas requer alguns cuidados e técnicas.

Se você precisa colar um coral e não tem ou não quer comprar a cola específica para isso, vendida em lojas de aquarismo, não se preocupe, abaixo algumas dicas legais para você colar seu coral:

Se você comprou um coral, provavelmente ele já veio colado numa pequena base (uma pedrinha redonda ou de outro formato), agora só resta colar esta base numa rocha (se for o caso). Para colar este coral na rocha basta usar Durepoxi, mas tem que ser o original, então é só fazer um pouquinho de massa, suficiente para colar o coral que já está na base e colar na rocha. Primeiro prenda a massa na base e depois o leve ao aquário para colar no lugar desejado. Depois de algumas horas vai ficar bem firme. Caso a rocha possua algas você tem que limpar, basta usar alguma ferramenta pontiaguda (faca, por exemplo) e raspar as algas do local onde será colado o coral já na sua base. Citei Durepoxi porque é a mais usada, mas pode ser outra marca de epoxi sem amianto.

Agora vamos supor que você tem um coral que não está na base, só tem o coral e precisa fixar ele na rocha.

Na maioria dos casos (veremos abaixo mais detalhado), também é uma tarefa fácil, basta adquirir uma pedrinha, de preferência calcária (dolomita), um pedaço destas pedrinhas brancas geralmente usadas para decorar vasos de flores, assim o coral terá boas condições de se desenvolver. De posse da pedrinha, use uma tira de papel toalha para secar o coral, coloque o coral em cima do papel toalha para que a água seja sugada. Pingue uma gota, no máximo duas, de Super Bonder (ou de outra marca de base Cianoacrilato) na pedrinha, logo em seguida cole o coral (já seco) nela, segure-o na pedrinha com a cola já colocada e passe rapidamente debaixo da torneira, isso fará com que a cola seque imediatamente e o resíduo expelido. (Tem produto acelerador de secagem). Depois é só seguir o passo acima para fixar o coral na rocha.

Muitas vezes é necessário mudar o coral de lugar, por diversos motivos, neste caso basta usar a ponta de uma faca e com pressão desprender o Durepoxi da rocha, não é tarefa difícil. Tirar o Durepoxi antigo (que está grudado na pedrinha), colocar uma nova massa e fixar o coral no outro lugar.

Estes métodos são os mais usuais e corriqueiros, mas existem muitos outros como, por exemplo, prender o coral com uma linha; furar a base do coral para passar uma linha e prendê-lo; usar uma “redinha” para fixar o coral, elástico, enfim, estes outros métodos, dependendo do coral, pode ser uma ideia para você.

Agora algumas dicas se você pretende fazer suas mudas a partir de corais que você já tem no aquário e não sabe como vai fazer para fixar as mudas:

Para Yellow Polyps, Mushroons, Cloves, Xenia, Zoanthus e outros corais moles que se reproduzem rapidamente, a melhor maneira e menos invasiva é colocar pequenas pedras ao redor da colônia para que novos indivíduos se fixem nela, depois é só cortar com uma lâmina o pedaço de pele (se houver) que une os novos pólipos à colônia mãe. Neste método já teremos a muda do coral já fixada à uma base (pedrinha), e estará pronto para ser colada em na rocha ou ir para um novo aquário.

Dica: Estas pedrinhas que você vai colocar em volta da colônia deverão ser coladas (com Durepoxi), porque qualquer movimento d’água, feito por um peixe, por exemplo, ou algum empurrão, por algum Paguro, por exemplo, vai fazer a pedrinha sair da posição original, podendo ficar muito longe da colônia.

Outro método fácil para reprodução de Mushroons (super invasiva) é cortar o coral ao meio (pode até em quatro partes) e colocar os pedaços em um recipiente todo furado, com várias pedrinhas, e deixar este recipiente no próprio aquário. Passado algumas semanas logo verá os pedaços já fixos nas pedras e em crescimento. Você também pode fazer isto pegando alguns pólipos de Cloves, Yellow Polyps, Xenia, Zoanthus, porque os pólipos irão grudar nas pedrinhas.

Em geral corais duros (LPS) se reproduzem com o surgimento de uma nova “boca” a partir do seu caule principal e também formará um caule. Neste caso basta cortar esta nova “boca” na extremidade máxima do seu caule (bem próximo ao caule principal) e colar o coral numa rocha com Durepoxi.

Existem outros métodos para propagação de corais, mas o tópico deste texto é mostrar como fixar o coral na rocha ou como colar o coral novo em uma base para posterior fixação em uma rocha no aquário.

Dica: Use sempre material limpo, esterilizado, e após a introdução do novo coral (fragmentado) no aquário pingue algumas gotas (ver bula) de Iodine, isto ajudará o coral, pois é antisséptico, também impedirá que ele “pegue” bactérias nocivas, vai colaborar se houve alguma lesão no coral.



Para alimento de corais, peixes, invertebrados Clic Aqui.

Para comida de peixes marinhos granulada Clic Aqui.

Para ver todos os produtos que vendo Comprar Suplementos Marinho