CORAIS ACROPORAS

Corais Acroporas

Corais Acroporas

ACROPORAS



Acropora são os principais corais que formam os recifes, por ter seu tecido fino que recobre totalmente o esqueleto calcário do coral. São conhecidas mais de 149 espécies de Acroporas.

Acho que todos os aquaristas que já tenham o aquário estabilizado possuem ou pretendem colocar Acropora em seu aquário, haja visto que é um belo coral com cores sólidas, vigorosas, destacando-se dos outros corais. É possível manter um aquário com Acroporas e outros corais, LPS e Softs (moles), no entanto os parâmetros devem ser rigorosos, seguindo os níveis para corais duros, cálcio, kh, ph etc. tudo OK. Água limpa com um bom Skimmer e outros mecanismos filtrantes. Se sua Acropora esta morrendo leia o texto abaixo que lhe poderá ser útil.

Existem Acroporas de muitas cores: Roxo, Azul, Verde, Vermelho, etc. sempre apresentando cores acentuadas.

Acropora é um coral SPS (coral duro) de pólipos pequenos, e é considerado de nível difícil para cultivo em aquário, por isto é recomendado apenas para quem já tem o aquário estabilizado, estável com os parâmetros tudo OK e um bom Skimmer.

Estas espécies de corais gostam de iluminação forte, for isto é bom colocar mais ao alto, no topo das rochas, para que fiquem bem próximas à luz.

É importante que o KH esteja acima dos 8 (8 a 10), e se não costuma fazer trocas parcial de água constantemente é necessário suplementar com estrôncio, oligoelementos e aminoácidos. Lembrando que os parâmetros deverão estar tudo OK (veja na página “Parâmetros”).

Acropora gosta de forte circulação de água além da iluminação, também possui as zooxantelas das quais absorve energia, porém gostam de fitoplâncton e zooplâncton em suspensão na água, por isto gosta de circulação. Os níveis estando ideais ela cresce rápido. Sua propagação por fragmentação é bem simples, pois é só quebrar um pedaço e este será um novo coral. Lembre-se de colocar fora do alcance dos outros corais, evitando-se a guerra química que poderá matar a Acropora. Afaste-a dos corais moles e dos que possuem longos tentáculos.

Como é um coral que não aceita mudanças nos parâmetros da água é bom você aclimatá-lo quando comprar, fazendo uma adaptação ele não vai branquear. Acroporas não gostam de alterações na temperatura por exemplo.

Se você verificar que alguma Acropora esta branqueando nas pontas, é melhor cortar este pedaço para cessar o branqueamento, porém é preciso achar a causa, verifique se as lâmpadas não estão vencidas (fracas). Faça medição dos parâmetros. Verifique se o fosfato, nitrato e amônia estão zerados.

Se você fragmentou o coral o uso de iodo (especial para aquários, tem várias marcas) irá ajudá-lo na recuperação do tecido ferido. O iodo é cicatrizante e germicida, não deixará as bactérias nocivas se aproveitarem do “machucado” do coral fragmentado. Leia atentamente a bula do iodo que você comprou, a dose é cerca de 1 gota para 100 litros dependendo da marca. Cuidado.

Se você tem uma Acropora azul, verde ou roxa, por exemplo, e esta começar a ficar marrom é sinal que você está introduzindo muita matéria orgânica no aquário, muitos nutrientes, acelerando a multiplicação das zooxantelas, pelo menos isto é o que dizem os experientes.

Se você fez a medição nos parâmetros, checou a luminosidade e mesmo assim a Acropora continua branqueando, pegue uma lupa potente e verifique cuidadosamente o coral, há várias bactérias, vermes, e outros seres que podem estar matando o coral. Nos últimos anos tem se notado várias pragas, parasitas que atacam as Acroporas. Se for o seu caso procure encontrar medicamentos específicos em lojas de aquarismo para eliminar estas bactérias, vermes, etc.

Não só para corais Acroporas, mas para qualquer espécie de coral é importante deixar em quarentena para adaptação e principalmente para verificação e eliminação de bactérias, vermes e outras pragas. Pelo menos deixar o coral separado por duas semanas em observação. Caso notar alguma infestação nos corais, existem bons produtos para mergulhá-los para tratamento. Cada espécie tem um procedimento próprio, consulte o vendedor da loja de aquarismo, talvez haja algum predador natural para o caso.

O branqueamento do coral esta dividida em duas categorias RTN, que é a necrose do tecido de forma rápida, pode matar o coral em poucas horas ou alguns dias, e STN que é de forma lenta, poderá demorar semanas ou meses. Nos dois casos a perda de tecido ocorre geralmente a partir da base do coral indo para o topo.

É bem provável que após corrigir a causa do branqueamento da Acropora ela venha a se recompor, as algas zooxantelas voltarão a habitar o coral, se o motivo foi a expulsão delas.

Enfim, Acropora gosta de muita luz, parâmetros ideais, movimentação d’água e nutrientes. Use uma boa comida para alimentar sua Acropora, ela terá mais resistência a qualquer inoportuna ocorrência que venha surgir no seu aquário, aumento da temperatura por exemplo.



Para alimento de corais, peixes, invertebrados e MUITO MAIS Clic Aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.