CORAIS HERMATÍPICOS E AHERMATÍPICOS

Corais Hermatípicos e Ahermatípicos

Corais Hermatípicos e Ahermatípicos

CORAIS HERMATÍPICOS E AHERMATÍPICOS


Os recifes de corais apresentam ecossistemas complexos, diversificados e perfeitos. Abrigam plantas, algas, animais de várias espécies.Há milhões de anos vem se formando os recifes de corais, pólipos de corais “moles” grudam nas rochas e estes corais formam uma estrutura de carbonato de cálcio, onde se fixam e dão origem a uma nova colônia que se junta a outros bilhões de pólipos que irão se agrupando formando a estrutura calcária chamada de recife de corais.

Os recifes se formam pelo acúmulo de inúmeros seres marinhos portadores de esqueleto calcário, formando uma estrutura rochosa, um habitat onde se abrigam milhares de seres incluindo 65% dos peixes. Os recifes de corais abrigam e dão proteção aos seres marinhos, formando um ecossistema estável, porém frágil, ameaçados pela ação da natureza provocada pelos seres humanos.

Os recifes de corais vêm se formando através de milhões de anos, onde seres microscópicos se fixam nas rochas formando corais, e estes se reproduzem dando origem a colônias de corais e assim sucessivamente, formando um inigualável e produtivo ecossistema, caracterizado pela biodiversidade, cores, vida marinha, variedade e beleza que encanta os olhos do espectador.

Os recifes são basicamente construídos por corais e algas calcárias, formando um maciço depósito de carbonato de cálcio produzido por eles e muitos outros organismos marinhos.

Corais podem se reproduzir de forma sexuada e assexuada, e de conformidade com as fases da lua e das marés, espermatozoides e óvulos de corais são liberados nos oceanos. Alguns corais podem ser hermafroditas, como as Acroporas.

Existem dois grupos de corais: Os Hermatípicos e os Ahermatípicos.

Os corais hermatípicos fazem simbiose com as micro algas zooxantelas, que lhes fornecem oxigênio, carbono e compostos orgânicos nutritivos, por consequência da fotossíntese, recebendo em troca nutrientes, como por exemplo o nitrogênio, fósforo e gás carbônico. Somente os corais hermatípicos constroem recifes. Os corais hermatípicos somente são encontrados nas regiões tropicais e subtropicais. Lembrando que para fotossíntese é necessário boa penetração de luz solar, onde a água é clara sem turbidez. Corais hermatípicos são corais duros que formam recifes. Secretam carbonato de cálcio para formar um esqueleto rígido. Nós aquaristas, chamamos estes de “Corais Duros”.

Os corais ahermatípicos não formam recifes (mas podem se fixar neles) porque não constroem um esqueleto rígido, os esqueletos são proteínas , em vez de calcário, e somente são encontrados em zonas polares e temperadas. Nós aquaristas, chamamos estes de “Corais Moles”.

Os corais ahermatípicos não fazem simbiose com as micro algas unicelulares zooxantelas, se alimentam do plâncton.

Os corais ahermatípicos têm oito tentáculos e também são conhecidos como octocorais.

É de grande interesse o estudo destes dinoflagelados Zooxantelas para entender o branqueamento dos corais, um fenômeno ainda não compreendido totalmente, pois se entende até o momento que o branqueamento se dá quando ocorre a dissociação do coral e as zooxantelas, cujos motivos são muitos e principalmente alterações nos parâmetros da água. Este branqueamento, ou perda das zooxantelas ocorre também com outros organismos simbiontes, como anêmonas, medusas e em outros invertebrados, como moluscos, ascídias, esponjas, etc. Também consta, até o momento, que a cor dos corais deve-se às Zooxantelas, que expelem uma substância deixando o coral colorido, mas há contradições. Aqui no Brasil há poucos estudos sobre nossos recifes, há o mínimo de área preservada e parece não haver punição decente para quem degrada o meio ambiente, principalmente o marinho, se eu estiver errado me corrija.

Este é apenas um resumo sobre corais Hermatípicos e Ahermatípicos que postei por curiosidade, mas o termo é científico, porém nós aquaristas, preferimos chamar de Corais moles e Corais Duros, porém sempre se aprende alguma coisa.



Para alimento de corais, peixes, invertebrados e MUITO MAIS Clic Aqui.