CORAL TORCH

Coral Torch

Coral Torch

CORAL TORCH



Coral Torch é da família Caryophylliidae de nome científico Euphyllia glabrescens. O nome se dá em razão de seu formato parecer com uma “tocha”, onde seus pólipos compridos seriam o “fogo” da tocha.Apesar de ser um lindo coral, com cores vibrantes, eu sugiro que somente aquaristas experientes adquirirem este coral, pois requer água cristalina de excelente qualidade, com parâmetros estáveis, requer nível de cálcio ideal 440ppm e PH entre 8.2 a 8.4. Não tolera altos níveis de magnésio. Veja matéria “PARÂMETROS” neste site.

É um coral LPS que tem longos pólipos individuais com pontas arredondadas que ficam expostos durante o dia e a noite, seus pólipos se estendem por vários centímetros, ocasião em que poderá agredir corais se estiver próximos, por isto é considerado um coral agressivo. Deverá ter um bom espaço entre o Torch e outros corais. Seus pólipos compridos também são um bom indicador da qualidade da água, pois quando seus pólipos pararem de esticar será um sinal para o aquarista de que há “algo errado” com a água.

O Torch Coral não gosta de circulação de água nem de forte iluminação, também hospeda as micro algas zooxantelas que irão lhe fornecer os nutrientes necessários bem como oxigênio, mas assim como outros corais LPS se beneficiará de um alimento extra, como camarão, artêmias, papitas e também do alimento para corais que vendo neste site, no link abaixo. Alimentando-o irá estimular seu crescimento bem como suas cores. Seus longos “tentáculos” (pólipos) são dotados de nematocistos, toxina usa para capturar sua presa no zooplâncton. No manuseio, evite tocar nos pólipos para não se “queimar” e até mesmo para não prejudicar o coral.

Um dos principais problemas deste coral é a aclimatação, que deverá ser feita lentamente. Não se pode comprar este coral e submetê-lo ao aquário com intensa iluminação, pois ele irá morrer rapidamente, talvez até em questão de horas. No primeiro dia da aclimatação eu aconselho deixar as luzes apagadas e somente no dia seguinte começar a iluminá-lo com luz baixa, e deixá-lo no fundo do aquário em lugar onde não haja forte iluminação, preferencialmente luz indireta, isto se você tiver outros corais que exigem iluminação forte. Também não alimentar o Torch no período de aclimatação, só o alimente quando ele estiver bem adaptado ao aquário, quando seus pólipos se estenderem plenamente.

Após o término da aclimatação você deve deixá-lo sob iluminação, mas não muito forte nem na sombra, precisa de luz direta, mas com pouca intensidade. Se tiver lâmpadas muito fortes deixar o Torch no fundo do aquário.

Passando este período será um coral com crescimento rápido em comparação com outros. É um coral propenso a pegar uma doença chamada Brown Jelly, caracterizada por uma massa castanho-escuro semelhante a uma geleia, que fica em cima do coral, mas que poderá ser salvo através de um banho contendo antibióticos, como amoxicilina e azitromicina, porém esta infecção ocorre geralmente no período de aclimatação e raramente. Os paguros poderão ocasionar ferimentos nos tentáculos em busca de comida, abrindo caminho para infecções.

Seu esqueleto calcário fica exposto onde no final se encontra a cabeça com seus vários pólipos compridos. A cabeça irá se dividir formando outra e também sua base calcificada irá se ramificar, formando um lindíssimo coral para seu aquário. Em  aquários onde não há anêmonas o peixe palhaço poderá fazer simbiose com o coral Torch.

Por ser um coral que necessita de estrôncio, elementos traços e outros aditivos, TPAs semanais se faz necessário para mantê-lo sadio, evitando a adição destes produtos, se for o caso.

Dependendo do tamanho do coral ou da colônia, os pólipos (tentáculos) poderão se esticar até 20 centímetros de comprimento, motivo pelo qual este coral Torch deverá ficar bem afastado de quaisquer outros.

Enfim, os principais fatores para o sucesso no cultivo do Coral Torch foram citados acima, passando esta fase crítica (aclimatação e adaptação) se tornará um lindíssimo e forte coral em seu aquário marinho.



Para alimento de corais, peixes, invertebrados Clic Aqui.

Para comida de peixes marinhos granulada Clic Aqui.