ESTRELA DO MAR NO AQUÁRIO

Estrela do mar no aquário
Estrela do mar no aquário

ESTRELA DO MAR NO AQUÁRIO

Visite nossa Loja Preços incríveis Clic Aqui

Ter uma estrela do mar no aquário talvez seja uma paixão de muitos aquaristas, porém a falta de informações ainda é grande, então coloquei abaixo algumas dicas que peguei em livros e também resumi alguns textos da própria internet, visto que não tenho uma estrela do mar no aquário.

Deve-se estudar a espécie à ser colocada no aquário pois algumas delas comem corais, como por exemplo a Estrela do mar Chocolate e outras.

Para se ter uma estrela do mar no aquário é preciso que este contenha rochas e um substrato fino de areia, pois é nestes colocais que ela vai se esconder durante o dia, porque tem hábitos noturnos.

A estrela do mar tem cinco braços em torno de um disco central, mas não é difícil encontrar estrelas com dezenas de braços, até 40 braços já foram encontradas. Existem cerca de 2.000 espécies distribuídas em todos os oceanos, acredita-se que na Austrália encontra-se a maior diversidade de estrelas do mar.

As estrelas do mar, no geral, são onívoras, porém na maior parte são carnívoras, por isto, no aquário costuma-se alimenta-las com pedaços de peixes, Lula, mexilhões e camarão. Na natureza elas se alimentam de varies espécies de moluscos, crustáceos, vermes, mariscos, ostras, mexilhões, detritos orgânicos, caracóis, esponjas marinhas, anêmonas, ouriços, peixes pequenos, vermes, plâncton, partículas orgânicas em suspensão e até mesmo outra estrela do mar, tudo dependendo da espécie, e muitas estrelas do mar são filtradoras do plâncton, razão pela qual se deve atentar para o fato do aquário já estar maturado, que já contenha muitas microalgas e microrganismos.

Talvez a maior dificuldade de ter uma estrela do mar no aquário seja sua alimentação, pois como podemos notar acima, cada espécie se alimenta de uma forma, então é primordial saber exatamente a espécie e seus hábitos. Quanto aos parâmetros da água nada a acrescentar, pois se os corais do aquário estão indo bem, estará apropriada para a estrela também.

Assim como os Corais, a estrela do mar não suporta altas temperaturas nem oscilações, devendo a água do aquário ficar a mais baixa possível suportada pelos peixes, se tiver.

Algumas estrelas do mar tem a capacidade de colocar o estômago diretamente na sua presa para realizar a digestão externa, utilizando-se das enzimas digestivas, o que lhes permite consumir presas imóveis maiores que elas, e até mesmo um coral.

A Estrela do Mar pertence a um grupo de animais denominados por equinodermos, que significa “pele espinhoso”, da classe Asteroides. Possui um endoesqueleto calcário, recoberto pela epiderme. Ovíparo. Reprodução sexuada ou assexuada, também por gemulação. A estrela do mar não cuida dos ovos, ficam a deriva no mar.

Curiosidades: Quando em perigo, a estrela do mar pode soltar um braço para distrair o predador enquanto foge. Possui incrível capacidade de regeneração, em breve ela estará com um braço novo. Se ela perder um braço que contenha parte do disco central é bem provável que este pedaço se tornará outra estrela do mar.

Curiosidades: Uma misteriosa doença está dizimando milhões de estrelas do mar no Pacífico, do Alasca ao México. A epidemia já foi detectada também no Atlântico. A contaminação ocorre também em aquários que utilizaram destas águas. Pesquisadores estão estudando o caso.

A estrela do mar e diversos outros equinodermos estão ameaçados de extinção, por isso sua captura é proibida, segundo Ministério do Meio Ambiente (21/05/2004).

Vendo produtos de aquarismo com ótimos preços Comida de Corais