QUE FILTRO USAR NO AQUÁRIO

Que filtro usar no aquário?

filtros de aquário

PESQUISE ABAIXO SE NÃO ENCONTROU:

QUE FILTRO USAR NO AQUÁRIO




    Para que serve o filtro de um aquário? Qual filtro usar no aquário?

Os filtros são os principais responsáveis para manter a qualidade da água em um aquário. Os filtros irão remover as impurezas, elementos químicos dissolvidos, excesso de comida, fezes dos peixes, planta em decomposição e outras partículas nocivas que farão a água se tornar tóxica para os peixes se fossem deixadas lá. No aquário, o filtro será o principal elemento, o sucesso na criação de seus peixes será na escolha do filtro ideal, é ele que vai deixar a água sempre limpa, sem odor e eliminando os elementos tóxicos.

Abaixo um resumo para você decidir qual o melhor filtro para seu aquário.

    Existem três tipos de filtragem:

  • 1) Filtragem mecânica
  • 2) Filtragem biológica
  • 3) Filtragem química

FILTRAGEM MECÂNICA: É a filtragem mais simples, que retém as partículas maiores da água. Normalmente se usa Perlon (manta acrílica) ou espuma, que devem ser trocadas quando saturar, quando você ver que já tem muita sujeira presa nele, normalmente após uma semana ou quinze dias, dependendo da quantidade de peixes que tem em seu aquário. Num filtro que contenha as três filtragens acima, a Mecânica será a primeira por onde a água passará.

FILTRAGEM BIOLÓGICA: Esta limpeza é feita através de bactérias. Em minha opinião é a principal fonte de limpeza num aquário, a mais importante. Estas bactérias benéficas se alojam e formam colônias nas mídias de cerâmica ou de outros tipos. Estas bactérias irão transformar os resíduos tóxicos na água. Formarão um ciclo constante, chamado de “Ciclo do Nitrogênio” (consulte neste site).

    Quanto de cerâmica devo usar?

Eu recomendo colocar 1 Kg de mídias de cerâmica para cada 100 litros de água, isto quando tiver espaço suficiente. Num filtro que contenha as três filtragens acima, a Biológica será a segunda por onde a água passará.

FILTRAGEM QUÍMICA: Normalmente se usa o Carvão ativado para esta tarefa, mas também há outras mídias que chegaram ao mercado. A filtragem química elimina substâncias a nível molecular, remove poluentes orgânicos nitrogenados. A filtragem química também retira odores, gases da água, metais pesados, auxilia muito para deixar a água cristalina tirando o amarelado. Coloca-se 1 grama de carvão ativado para cada litro de água do aquário. Num filtro que contenha as três filtragens acima, a Química será a terceira por onde a água passará.

    O que é bom para colocar no filtro de aquário?

Considerando as explicações acima, o melhor é você escolher um filtro que contenha os três estágios citados acima, ou seja: Mecânica; Biológica e Química, assim você poderá colocar Manta acrílica; Mídias de Cerâmica e Carvão ativado. Continue lendo para saber sobre outros filtros.

Alguns filtros:

Filtro de fundo são aquelas “redinhas” de plástico (placas de Jaubert-FBF) que se coloca antes do substrato, onde uma torre acoplada à uma bomba suga a sujeira para baixo. Este tipo de filtro não se usa mais, gera muita manutenção, complicado para limpeza. Sugiram novos filtros, mais eficazes.

Filtro externo (hang on): Fica do lado de fora do aquário (pendurado no vidro). Uma das vantagens é que deixa mais espaço para os peixes. Já se tem no mercado este filtro com os três estágios citados acima. É uma boa opção para aquários pequenos.

Filtro canister: É um filtro que geralmente se coloca embaixo do aquário, fica escondido, muito eficiente. Eu recomendo. Libera mais espaço no aquário, indicado para aquários com mais de 50 litros. Fácil limpeza e têm os três estágios citados.

Filtro interno: Este tipo de filtro fica dentro do aquário, silencioso. Acoplado a uma bomba submersa que sugará a água para passar nas etapas filtrantes. É um bom filtro, a desvantagem é de ocupar espaço no aquário. Fácil limpeza e têm os três estágios citados.

Filtro Sump: Utilizado principalmente em aquários marinhos ou aquários grandes de água doce. Sua principal característica consiste em ser um aquário menor (20% do aquário principal) onde a água circula através das etapas filtrantes e retorna já limpa ao aquário principal através de uma bomba de recalque.

Agora que você já sabe sobre filtro externo, filtro interno, canister e sump, poderá me perguntar:

    Qual melhor filtro para aquário, interno, externo ou canister?

Existem outros tipos de filtros, tais como: Filtro UV; Filtro de Osmose Reversa; Filtro Deonizador; Filtro de areia fluidizada; Filtro de plantas e muitos outros. Mas se você estiver iniciando o hobby agora, qualquer que seja sua escolha, Externo, Canister ou Interno, estará ótimo, obedecendo os critérios abaixo, depois você vai pesquisando sobre outros filtros.

    Como escolher o melhor filtro?

Para se obter uma boa filtragem recomenda-se filtros capazes de circular 5 vezes (no mínimo) por hora o volume total da água do aquário. Por exemplo, se o aquário tiver 100 litros, o filtro deverá ser de 500 litros por hora. Como já mencionado no mínimo, mas melhor será o de 10 vezes, ou seja, 1000 litros por hora. Melhor ainda se puder ter dois filtros dividindo os trabalhos, ou seja, se o aquário necessitar um filtro de 1000 litros por hora, colocar 2 filtros de 500 litros por hora, assim terá melhores resultados e, em caso de queimar algum, o outro estará em funcionamento até a reposição do mesmo, ocasionando menos danos ao sistema.
Mas lembre-se, a vazão citada acima é mais eficaz quando o filtro possuir os três estágios de filtragem (Mecânica, biológica e química). Quanto mais mídias poder colocar melhor (Perlon; Cerâmicas e carvão). Basicamente, quanto melhor for o filtro menor será seu trabalho de manutenção, pois a água estará limpa por um longo período de tempo, apenas fazendo TPAs regulares, enquanto um filtro mais fraco diminuirá este tempo, fazendo com que as TPAs sejam mais constantes (urgentes), além de outros fatores. Para escolher o melhor filtro não pense em economizar, pois você acabará gastando mais se a filtragem não for eficiente.

Nota: Citei acima 3 estágios de filtragens, mas alguns aquaristas utilizam espaços em seus filtros para criarem outros estágios, com outras mídias, por exemplo: Compartimento com materiais acidificantes ou alcalinizantes; mídias removedoras de nitrito, nitratos, amônia, etc. Cada aquarista projeta seu filtro de acordo com suas necessidades.

Se você perguntou “Qual filtro usar no aquário?” ficam aqui algumas dicas legais.
Se você é iniciante procure neste site sobre Ciclo do Azoto ou Ciclo do Nitrogênio para saber da importância das bactérias no aquário.

Vendo alguns produtos para aquarismo Comida de Corais