PLANTAS DE MANGUE NO AQUÁRIO MARINHO

Plantas de mangue no aquário marinho

Plantas de mangue no aquário marinho

PESQUISE ABAIXO SE NÃO ENCONTROU:
Plantas de mangue no aquário marinho


Eu sei que cuidar de um aquário marinho não é tarefa fácil, principalmente no que diz respeito aos cuidados da remoção de nitritos, nitratos, matéria orgânica da água, nutrientes, etc. O potencial Redox.

Mas aí é que a coisa fica interessante e competitiva, cada aquarista faz seu manejo, inventa soluções, faz seus ajustes e a cada dia vai aprendendo mais, almejando a perfeição, fazer do aquário marinho um sistema biológico completo, funcional e autônomo. Equilíbrio nos fatores abióticos.

O estudo e experiências fazem parte do processo. Inclusive já fiz e continuo fazendo minhas experiências, no intuito de manter minha biota aquática em perfeito estado. Sempre leio assuntos relacionados na internet e isto me chamou a atenção: “Mangue no aquário marinho“.

Fiquei impressionado com um vídeo no Youtube, intitulado como “Mangue do Sr. Juba”, vou postar o link logo abaixo, mas para você que chegou agora, vou lhe resumir o que aprendi sobre Mangue no aquário marinho.

As plantas de mangue podem ser colocadas no Sump, no display ou acopladas, para que absorvam fosfatos e nitratos para se desenvolverem deixando, consequentemente, a água mais limpa, removendo nutrientes. Obviamente seria necessário uma grande quantidade de plantas e macro algas caso houvesse vários seres aquáticos. As plantas de mangue e as macro algas (em conjunto) criam um ambiente perfeito para proliferação de biologia.

Estas plantas de mangue não são exigentes, se adaptam ao substrato e a iluminação do aquário, bastando somente, diariamente, limpar as folhas, pois estas transpiram sal, que pode entupir os poros das folhas. Para a limpeza basta uma simples borrifação com água doce, para eliminar os cristais de sal.

É importante dizer que as macro algas quando são consumidas por algum habitante do aquário e principalmente quando morrem, liberam novamente para o sistema os nutrientes indesejados ora consumidos. Já com as plantas de mangue isso não ocorre facilmente, basta o aquarista remover alguma folha que eventualmente cair no aquário.

Um inconveniente destas plantas de mangue é que dependendo onde irá coloca-las poderá causar sombra e prejudicar o desenvolvimento dos corais.

Alguns aquaristas afirmam que que estas plantas, na natureza (manguezais), sofrem constantes alterações de salinidade (encontro de águas de rios com a do mar, marés, etc) e que no aquário a salinidade é constante e alto, matando a planta em um curto período de tempo, o que não acredito depois de ter visto o vídeo abaixo. Talvez estes aquaristas não tenham usado o mangue vermelho (Rhizophora mangle), que é a espécie que suporta maior índice de salinidade. Também é preciso fazer uma aclimatação lenta destas plantas, verificar os níveis de salinidade de sua procedência, etc.

Os manguezais são encontrados ao longo de toda costa brasileira, e as principais espécies de mangues são:
Rhizophora mangle (mangue-vermelho) – próprio de solos lodosos, com raízes aéreas. Estas podem ser usadas pelos aquaristas.
Laguncularia racemosa (mangue-branco) – encontrado em terrenos mais altos, de solo mais firme, associado a formações arenosas. Não suporta submersão total na água salgada, não indicada para o aquarismo.
Avicennia germinans (sereíba, siriúba, siriúva, siribeira, saraíba e mangue-branco);
Avicennia schaueriana – (conhecido no Brasil como mangue-preto, canoé ou siriúba).

Ao plantar o Mangue vermelho escolha o local ideal, pois suas fortes raízes poderão até quebrar o vidro do aquário com o tempo (aprox. 3 anos). Aconselha-se plantar em vasos removíveis, dando oportunidade para uma eventual mudança de lugar. Medir constantemente o nível de Magnésio, pois é muito consumido pela planta, talvez seja necessário sua reposição, tanto em prol da planta como para os corais.

Se o assunto lhe interessou também, procure na internet sobre Manguezais no Brasil, plantas de mangue; plantas de mangue no aquário marinho, etc. Aqui fiz apenas um resumo, tem matérias completas em outros sites se você se interessar. É muito legal. Não vou colocar aqui porque teria que copiar a matéria, e não é de meu interesse.

Mas voltando ao assunto, veja o vídeo sensacional, o capricho, e a força de vontade em conseguir um sistema impecável usando plantas de mangue.
Vídeo AQUI

Vendo produtos de aquarismo no Mercado Livre: Comida de Corais