POTENCIAL REDOX ou ORP EM AQUÁRIOS

Potencial Redox

Medidor ORP

PESQUISE ABAIXO SE NÃO ENCONTROU:

POTENCIAL REDOX

O que é Potencial Redox ou ORP?
O ORP (Potencial de Redução da Oxidação) ou POTENCIAL REDOX, é uma medida que irá lhe mostrar o grau de pureza da água do aquário, é medida em milivolts. O potencial de redução de oxidação (ORP), também conhecido como REDOX, é uma medida que reflete a capacidade de uma molécula de oxidar ou reduzir outra molécula, Por exemplo, a água pode ser moderadamente oxidante (como água aerada), fortemente oxidante (como água clorada ou solução de peróxido de hidrogênio) ou redutora (como um ambiente em que bactérias anaeróbicas estão ativas).É a capacidade de decompor os elementos nocivos que a água contém.

Não se pode confundir PH com ORP, a água de torneira, por exemplo, tem um PH em torno de 7.2 o que é bom, mas contém produtos químicos que são prejudiciais à nossa saúde, isto pode ser medido com o aparelho ORP.

Oxidação refere-se a quando a água perde elétrons, e redução significa quando se ganha elétrons. Tais reações são chamadas de REDOX.

Uma Pera cortada ao meio irá ficar marrom com o tempo, isto é oxidação, mesma coisa quando um ferro vai se tornando ferrugem (óxido de ferro).

A medição do Potencial Redox também é muito utilizado em indústrias, nas medições ambientais, no tratamento de águas das torneiras, nas piscinas, spas, no solo, e em muitos outros locais, quer no monitoramento ou acompanhamento contínuo dos resultados, mas as explicações abaixo estarão focadas na água do aquário, pois é o que nos interessa neste momento.

Potencial Redox no aquário:

Veja como os seres que habitam seu aquário contribuem para diminuir o potencial redox:

Compostos redutores, tais como: proteínas, fezes dos peixes, sobras de alimentos, compostos orgânicos, etc., diminuem o conteúdo de oxigênio da água. Estes elementos redutores se tornam rapidamente em compostos tóxicos como amônia, nitrito, dióxido de carbono, sulfetos, etc., iniciam processos de decomposição, diminuindo o potencial redox e reduz a qualidade da água. O oxigênio ou ozônio são agentes oxidantes capazes de neutralizar ou moderar a ação negativa dos compostos redutores, pois no processo de oxidação ou redução, elétrons são liberados ou absorvidos, e causa uma tensão que é medida em mV (milivolts). O ozônio é um poderoso agente de esterilização da água, muito usado em aquários, e o potencial redox é um indicador deste grau de desinfecção. Por exemplo, se o potencial redox está em 200 mV a água está ruim, então se deve aumentar este grau em torno 350 mV, mas não para acima de 450, isto estaria muito alto e poderia diminuir excessivamente com as bactérias benéficas do aquário. Uma esterilização completa se faz com mais de 700 mV.

O uso de carvão ativado no aquário também proporciona uma significativa melhora no Potencial Redox.

Aqui na minha residência fiz um teste, a água da torneira deu 180 mV, e a do filtro chegou em 350 mV, do meu aquário…deixa prá lá. Rsrs.

Não é uma regra geral os números citados acima, não se trata de um ORP ideal, apenas uma sugestão, visto que cada aquário tem suas peculiaridades, mas após chegar a uma conclusão de que seu índice ORP está ideal será fácil a monitoração habitual, consequentemente qualquer alteração saberá que “algo está errado”. A faixa de ORP do aquário é estável e só mudará após alguma ‘química acontecer’.

Uma água bem oxigenada também será melhor para aumentar o valor ORP. Também como já citado, ozônio (com controle), bactérias, bons filtros, Skimmer para aquário marinho, etc., irão contribuir para um valor ideal de ORP. Aquários com leituras de ORP entre 200 mV e 300 mV verificou-se o crescimento de algas marrons, mas com altos potenciais redox as algas verdes continuam, são aquários com alto teor de nutrientes e/ou outros compostos redutores.

Geralmente os medidores ORP podem ler valores entre -1999mV a +1999mV. Todo o processo ORP é matematicamente explicado com fórmulas, questões de átomos, moléculas, prótons e nêutrons, mas isto não colocarei nesta página, afinal queremos apenas saber a pureza da água em nossos aquários. O aparelho de medição do Potencial Redox (ORP) é muito útil, pois seria mais caro comprar kits de testes para os mais variados monitoramentos, haja visto que uma medição do Potencial Redox lhe trará informações precisas sobre a condição da água do aquário, e esta praticidade também deve-se levar em conta.

Uma medição periódica do Potencial Redox poderá salvar os habitantes do aquário antes que uma catástrofe aconteça. Por exemplo, um peixe morre num esconderijo onde o aquarista não vê, causando um surto de algas, aumento considerável de amônia dentre outros, causando a falência do aquário, isto seria evitado com o uso do medidor ORP, pois certamente ele acusaria este desiquilíbrio na água, possibilitando o aquarista remover em tempo o peixe morto antes de tudo acontecer. O equilíbrio entre redutores e oxidantes irão cair neste caso, e será prontamente acusado no medidor.

Se você faz medições do Potencial Redox e quer compartilhar algo, basta me enviar um email (no rodapé do site).

Curiosidade: A água do oceano tem um ORP entre 384 mV a 450 mV. Os recifes de corais, geralmente estão na faixa de 300 a 450 mV.

Vendo produtos de aquarismo no Mercado Livre: Comida de Corais