TETRA MATO GROSSO

Peixe Tetra Mato Grosso

Peixe Mato Grosso


PESQUISE ABAIXO SE NÃO ENCONTROU:
PEIXE TETRA MATO GROSSO

O Tetra Mato Grosso é também chamado de Tetra-serpae, é um peixe da família dos Characidae(Caracídeos).

Mato Grosso, ou melhor, Tetra Mato Grosso é um lindíssimo peixe que vive perfeitamente em aquários comunitários de mesmo PH. É tido como um peixe muito popular no aquarismo, pois é muito fácil mantê-lo no aquário, é resistente, gosta de viver em grupos (preferivelmente acima de 6 indivíduos) e possui cores vivas, vibrantes (vermelho alaranjado com manchas pretas). É originário do Amazonas, mas também é encontrado em outros países como: Paraguai,  Argentina e Bolívia.

Como é um peixe de cardume, considere ter um aquário que os comporte com facilidade, que haja espaço para eles nadarem tranquilos.

O peixe Tetra Mato Grosso pode ser um pouco agressivo, pois gosta de marcar seu território, e pode brigar até mesmo com outros da mesma espécie para disputa da fêmea, e também não gosta de peixes com caldas compridas e de nado lento. Mas o Mato Grosso é de fácil manutenção porque aceita quase todo tipo de comida, seja flocos, granulados, liofilizados, alimentos vivos como: Larvas de besouro do amendoim, larvas de mosquito, pequenos crustáceos ou artêmias, etc.

O PH ideal para o Tetra Mato Grosso fica em torno de 6 e 7, o correto é deixar mais ácido, 6.5 por exemplo. Utilizar substrato fino, pode ser areia de rio fina e iluminação moderada. Plantas naturais é muito importante, inclusive plantas flutuantes para atenuar a luminosidade, se for o caso. Utilizar bons filtros, mas cuidado para estes não sugarem os filhotes, coloque Perlon ou espuma na entrada de água. Não deixar a água com fortes movimentos, gostam de águas tranquilas. Fazer Trocas Parciais de Água semanalmente é uma regra geral, 30% da água será o suficiente, na mesma temperatura e PH.

Uma dica é colocar plantas que não requerem forte iluminação. Mas pode-se colocar plantas que necessitam de injeção de CO2, visto que isto irá acidificar a água.

O ideal, em caso de aquário comunitário, é colocar peixes um pouco maiores que o Tetra Mato Grosso, para evitar brigas violentas, Acará Bandeira por exemplo (sempre verificar a compatibilidade). Peixes menores como o Tetra Neon também pode e o aquário vai ficar muito bonito. Em sua idade adulta poderá atingir seus 5 centímetros. No aquário também deverá ter plantas naturais, troncos, pedras, esconderijos, tocas, imitando seu ambiente natural, onde o Mato Grosso poderá encontrar segurança. Usar um termostato para que a temperatura fique sempre estável, em torno de 28 graus, evitando-se assim doenças, Ictio por exemplo. Eles gostam de nadar do centro do aquário para a parte de baixo, mais próximo do substrato.

Quando em aquários com parâmetros corretos, citados acima, bem alimentados podem viver por volta de 7 anos. Se alguma coisa estiver errada no aquário logo o Mato Grosso irá perdendo sua coloração vibrante, atentando ao aquarista tomar providências.

Peixe Tetra Mato Grosso

Dimorfismo sexual: O macho é menor, apresenta coloração mais forte, possui a nadadeira dorsal ligeiramente maior e o ventre é retilíneo. A fêmea possui coloração menos intensa, a nadadeira dorsal menor, o ventre é roliço e é maior que o macho. Estas diferenças só serão notadas depois do estado juvenil.

Reprodução: Ovíparo. Para a reprodução do Tetra Mato Grosso, deixar a água mais ácida, utilizando fibra de coco ou turfa, a água fica da cor de chá (ambiente natural). A fêmea libera os ovos na água e o macho, que estará próximo, irá fertiliza-los, e cairão no fundo do aquário. Em algumas horas os ovos eclodem e após uns 3 dias os alevinos já nadarão livremente à procura de comida, microvermes, náuplios de artêmia poderão ser oferecidos. Os pais não cuidam da prole. Não há cuidado parental. Note que os peixes poderão comer os alevinos, então no ato da desova após a fertilização, os adultos deverão ser retirados do aquário, para que os filhotinhos cresçam com segurança.

Vendo alguns produtos para aquarismo Comida de Corais